quarta-feira, 18 de agosto de 2010

oculto .

esse texto é diferente,não tenho medo de erros,não tenho medo do que digo,as coisas sairão do meu controle, sairão do que eu planejava,a verdade é que meu coração tá triste,tá magoado,tudo que tinha em volta dele foi embora,perdeu sentido,correr atrás do que você gosta hoje em dia tornou-se doloroso ,talvez tão doloroso que o mais sensato é não correr mais,mais não consigo,não tenho isso dentro de mim,meu coração e incansável,a verdade é que ele encontrou o seu ponto de paz,a sua parada para descansar depois de uma longa viagem arda e que lhe trouxe varias feridas,a verdade é que ele se enganou,a parada era ilusão,era miragem,ele na fissura de acreditar que não, lutou contra seus ideais,lutou contra opiniões opostas do que sentia,ele sofreu,ele cansou ,ele morreu   .

Nenhum comentário:

Postar um comentário